domingo, 20 de maio de 2012

PASTORES PASTOREANDO

O título deste artigo parece redundância, mas não é. O Pastor Carlos Roberto Silva postou em seu blog (Point Rhema) uma singela cerimônia cristã - a apresentação de uma criança ao Senhor. Eu sempre fico muito feliz em ver pessoas com prenome de pastor exercendo o autêntico ofício de pastorado. Infelizmente, sem ser generalizador e nem querendo fazer drama barato e sensacionalista, está cada dia mais difícil visualizar esta cena. São tantos "pastores" sem ovelhas para pastorear! E muitos "pastores" administrando templos sem vocação pastoral. E, por outro lado, pais e mães que não dão valor ao fato da necessidade de entregar a Deus o seu rebento, da mesma forma que Jesus foi entregue por Maria. Eu me lembro bem do momento em que levei à Igreja do Senhor, com o objetivo de apresentar para Deus e aos irmãos e irmãs, a pequenina alma que Ele me deu, que fez gerar no ventre da minha esposa e nascer forte e saudável. Foi uma noite marcante para mim, inesquecível. Na apresentação do bebê, pedi sabedoria para educar, direção para mostrar os caminhos certos, que preparasse o cônjuge que fosse ideal para sua vida após ganhar maturidade e senso de "independência umbilical". E Deus me ouviu. Sim, atendeu plenamente meu pedido junto aos outros pedidos, oração em consenso de crentes fazendo petição de bênçãos. O Senhor respondeu cada detalhe do que eu pedi naquele momento. Eu estava ao lado de minha consorte, os dois juntos e felizes. Havia o pastor, a membresia, em uma reunião cristã cheia de paz e convergência querendo o bem-estar da pequenina alma recém-chegada. Atos assim são importantíssimos. Razão de eu pensar que a postagem do nosso amigo Carlos Roberto Silva merece ser destacado no UBE Blogs! E.A.G. Parabéns Pr. Roberto Silva. Infelizmente hoje a situação está até ficando vergonhoso, com tantos pastores pastoreando a si mesmo, pregando um outro evangelho , como disse Paulo e não o da Cruz, da Graça. Que o evangelho de mamom seja realmente amaldiçoado. Até a próxima. Graça e Paz a todos.